A ideia é dinamizar e ampliar o fluxo de turistas entre os destinos/Foto: Divulgação Internet
A ideia é dinamizar e ampliar o fluxo de turistas entre os destinos/Foto: Divulgação Internet

Santa Catarina sai na frente em projeto de incremento ao transporte turístico rodoviário

Entre as metas do setor está o multiembarque e venda via aplicativos

Santa Catarina já começa a cumprir seu papel de promover o crescimento do turismo rodoviário no país, firmado com a Carta de Foz do Iguaçu, elaborada em encontro nacional no mês de junho. O documento propõe um modelo já bem sucedido na Europa, onde o circuito é aberto e há possibilidade de multiembarque, o que permite a flexibilização das viagens de grupos de passageiros. Projeto de lei do deputado estadual Bruno Souza (sem partido) segue o mesmo caminho e já está tramitando.

“A ideia é dinamizar e ampliar o fluxo de turistas entre os destinos”, afirma José Marciel Neis, presidente da Associação das Empresas de Transporte Turístico e Fretamento de SC (Aettusc). Ele explica que outra demanda do setor é a liberação do processo de venda de viagens turísticas por meio de plataformas tecnológicas (aplicativos). ”Temos de acompanhar as inovações que estão em diversos segmentos econômicos”, explica.

É consenso também no setor de que a responsabilização sobre as bagagens transportadas não deve recair sobre as empresas. “É injusto demais, contraproducente e demanda investigações constrangedoras aos passageiros, demandando muito tempo. Além do que, criminosos não podem se apoiar nas empresas para transportar algo ilegalmente”, enfatiza.

Carta de Foz do Iguaçu– Representantes de várias entidades do turismo do sul do país entregaram ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a Carta de Foz para o fomento do turismo rodoviário. O documento mostra propostas para incrementar o turismo rodoviário no país, por meio da flexibilização das leis relacionadas à atividade.

Fonte: PalavraCom

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias