Santa Catarina conta
Santa Catarina conta

Registros no Cadastur em SC sobem 58% nos sete primeiros meses de 2019

Guias de turismo e meios de hospedagem foram as atividades de cadastro obrigatório com maior evolução em termos quantitativos

O número de profissionais e empresas do turismo de Santa Catarina que se registraram no Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur), de janeiro a julho deste ano, teve um incremento de 58% em relação ao ano passado. O índice representa um significativo aumento de novos prestadores formalizados até 31 de julho, atingindo um total de 3914 cadastros no Estado.

Em termos numéricos, os novos guias de turismo (159) representam 27% do aumento de cadastros nos últimos sete meses. Já os meios de hospedagem formalizados no mesmo período (322) correspondem a 37% de aumento em 2019. Santa Catarina conta, atualmente, com 860 meios de hospedagem e 572 guias formalizados no Ministério do Turismo.

Para a presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de SC (Santur), Flavia Didomenico, a ampliação se deve às ações de planejamento e fortalecimento realizadas pelas equipes da pasta. “Esse crescimento é fruto de uma força-tarefa feita pela coordenação estadual e ainda pela sensibilização junto aos municípios e instâncias de governança das regiões turísticas”, destacou. Além disso, outra razão do aumento foi o trabalho de fiscalização, remota e presencial, realizado pelo Ministério do Turismo do (MTur).

Vantagens

Coordenadora do Cadastur em SC, a turismóloga Daniela Nunes e Castro, elenca as vantagens dos prestadores de serviços turísticos regularizados no Cadastur: “Há mais facilidade para participação em programas de qualificação e infraestrutura, acesso a financiamentos em bancos, participação de processos licitatórios, apoio a eventos e feiras e ações do MTur”. Além disso, os cadastrados passam a ter visibilidade no site do Cadastur e do Programa Viaje Legal, uma central de informações do Governo Federal, que oferece dicas sobre transporte, saúde, documentação para que os turistas façam uma boa viagem pelo país.

Na visão do coordenador do núcleo de guias de turismo da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), Mario Costa Junior, o Cadastur funciona como um certificador de qualidade e regularidade: “É uma garantia de que o profissional passou por todas as etapas do ciclo de formação profissional, atendendo aos requisitos técnicos e padrões de boas práticas para melhor atender os turistas”.

Ações futuras

Para fortalecer a atuação do Cadastur em SC, a Diretoria de Planejamento Turístico da Santur pretende realizar em breve uma série de parcerias com órgãos estaduais e federais. Uma delas deve acontecer com os formandos do Curso Técnico em Guia de Turismo Regional, ofertado pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), em Florianópolis. A proposta é que os guias formandos já saiam do curso com o cadastro realizado e estejam prontos para atuar no mercado de trabalho de forma regular.

Saiba mais

A participação no Cadastur é obrigatória para sete atividades turísticas: agências, meios de hospedagem, acampamentos, organizadoras de eventos, parques temáticos, transportadoras e guias. A iniciativa promove o ordenamento, a formalização e a legalização desses prestadores. Outras oito atividades têm cadastro recomendado, mas não-obrigatório, entre elas: bares, restaurantes, locadora de veículos, parques aquáticos, centro de convenções, entre outros.

A adesão dos prestadores de serviços turísticos no Cadastur qualifica o setor. O cadastro é simples, online e gratuito. Os interessados devem acessar o site e preencher o formulário. O número do Cadastur precisa ser renovado a cada cinco anos para os guias de turismo e a cada dois anos para as demais atividades.

Fonte: ASCOM – Santur

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias