É preciso unir esforços para obter recursos para aquisição de equipamentos e evitar novas perdas de inocentes/Foto: Divulgação Internet
É preciso unir esforços para obter recursos para aquisição de equipamentos e evitar novas perdas de inocentes/Foto: Divulgação Internet

UTI Neonatal é uma necessidade para Joaçaba e Região

Trata-se de salvar vidas, vidas de inocentes indefesos

Aprovado por unanimidade na sessão desta segunda-feira (17), o Requerimento nº 090/2019 de autoria do vereador do PMDB Everton Parisenti, para que sejam encaminhados ofícios ao Poder Executivo Municipal e a Secretaria de Estado da Saúde, para que sejam destinados recursos para instalação de uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN), no Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba.

Everton destaca que considerando que o Hospital Universitário Santa Terezinha atende a diversos municípios da região com expressiva quantidade de partos realizados, é de extrema relevância a instalação de uma UTI Neonatal. “Com a UTI, o trabalho dos profissionais se torna mais humanizado, porque os equipamentos adequados irão oferecer ações mais acolhedoras baseadas no respeito à dignidade do bebê e sua família. Não podemos assistir a recém-nascidos morrendo, ou sendo encaminhados às pressas para outros centros de tratamento por falta de estrutura em nossa região. É preciso unir esforços para obter recursos para aquisição de equipamentos e evitar novas perdas de inocentes”.

O vereador vai além “não há um equipamento sequer para entubar uma criança, os pais nesta situação só podem rezar para que o Samu ou o Corpo de Bombeiros estejam a disposição neste momento crucial e possam ajudar. Um Hospital que recebe recursos estaduais e federais, e sabemos que não é pouco, não ter verba para instalar um berçário Neonatal? Precisamos fazer algo urgente, não quero que ninguém passe pelo que minha família passou, quero ser a voz ativa destas pessoas”.

O vereador relatou que já manteve contato com a diretoria do HUST que se manifestou favorável a instalação de uma UTI Neonatal, mas que para chegar até a implantação há todo um processo que envolve outros órgãos. “Para implantação de 8 leitos são necessários R$ 2 milhões um custo não tão elevado levando em consideração a importância de uma UTI Neonatal, mas o que a torna de auto custo é a manutenção. ”

A UTI Neonatal é um local específico em uma unidade médica ou hospitalar para onde se levam os bebês recém-nascidos que apresentam algum risco de vida, e todos os que nascem prematuros, ou seja, antes das 37 semanas de gestação. Nela, ficam de plantão 24 horas por dia, enfermeiros e médicos que têm a responsabilidade de cuidar de qualquer necessidade do bebê, prestando auxílio à sua saúde e desenvolvimento. “ Uma UTI Neonatal proporcionará mais respeito ao recém-nascido e à gestante com posturas pautadas na ética e solidariedade, garantindo acompanhamento no parto e evitando situações graves. Sendo que assim será possível impedir a mortalidade de recém-nascidos e dará aos profissionais mais segurança na hora de atender uma situação de risco e também diminuir o número de deslocamentos para outros municípios para tentar salvar a vida de um bebê”.

        

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias