Mestrado em Sanidade e Produção Animal coopera com o laboratório da Unoesc credenciado pelo Lacen/SC
Diagnóstico laboratorial para detecção do SARS CoV 2 é feito pela metodologia RT-PCR em tempo real, pelo protocolo CDC/EUA

Mestrado em Sanidade e Produção Animal coopera com o laboratório da Unoesc credenciado pelo Lacen/SC

Recentemente, o laboratório localizado no campus II da Unoesc Xanxerê foi credenciado pelo Laboratório Central de Saúde Pública em Santa Catarina (Lacen/SC) para realização do diagnóstico laboratorial para detecção do SARS CoV 2, pela metodologia RT-PCR em tempo real, pelo protocolo CDC/EUA.  A certificação representa um grande avanço e reflete em uma grande contribuição com a sociedade, visto o momento de alta demanda por diagnósticos, em razão do agravamento da pandemia do Coronavírus.

O laboratório atende o curso de Medicina Veterinária e o Mestrado em Sanidade e Produção Animal

O laboratório atende o curso de Medicina Veterinária e o Mestrado em Sanidade e Produção Animal. Aliás, este último coopera de maneira decisiva no desenvolvimento do projeto de diagnóstico de covid-19 por PCR em tempo real, uma vez que todos os integrantes da equipe são docentes permanentes do Mestrado. Já, a infraestrutura laboratorial, com modernos equipamentos de biologia molecular, que classificam o espaço com o Nível de Biossegurança 2 (NB-2), atendia, em grande parte, às demandas de pesquisa geradas pelos projetos de pesquisa do grupo de Mestrado.

Modernos equipamentos de biologia molecular disponíveis no laboratório o classificam com o Nível de Biossegurança 2 (NB-2)

O coordenador do Mestrado, professor Sergio Abreu Machado, ressalta que os trabalhos de diagnóstico estão sendo realizados diariamente, com amostras procedentes do serviço de saúde do município de Xanxerê e são liberadas em seis horas, demonstrando a eficiência e agilidade dos processos empregados.

 — É um grande orgulho reunirmos as condições de infraestrutura e técnicas para realizar este trabalho em um momento de crise sanitária tão delicada. A equipe do Mestrado se sente feliz por estar contribuindo para que a Unoesc cumpra sua missão comunitária, atendendo às demandas sociais de grande relevância e auxiliando a região em que está inserida — afirmou o professor.

SAIBA MAIS
O teste molecular (RT-PCR), considerado padrão ouro para diagnosticar a covid-19, utiliza secreção da nasofaringe, região entre o nariz e a garganta, coletadas por swab (cotonete específico), cuja função é identificar partes do material genético (RNA viral) do novo coronavírus. Os laudos dos exames são lançados no sistema BitLab, disponibilizado pela Universidade e ficam à disposição dos pacientes e da Secretaria de Saúde de Xanxerê.

*Texto com a colaboração Eliza Chiarello/Unoesc Xanxerê

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bomdiasantacatarina

Deixe uma resposta