Todo equipamento produzido será destinado para os estados do Sul/Foto: Divulgação Internet
Todo equipamento produzido será destinado para os estados do Sul/Foto: Divulgação Internet

Anvisa atende a pedido de Jorginho Mello e libera produção catarinense de respiradores

O Senador viabilizou em tempo recorde a autorização para que a WEG produza respiradores

O Senador Jorginho Mello viabilizou em tempo recorde a autorização para que a WEG, empresa catarinense sediada em Jaraguá do Sul, produza respiradores (ventiladores mecânicos pulmonares). Jorginho Mello é o único senador catarinense que está em Brasília durante a pandemia do COVID-19 e, por sua forte atuação em defesa de Santa Catarina, foi procurado por Ademar Paes, Presidente da Associação Catarinense de Medicina, e por Mário Cezar de Aguiar, Presidente da Fiesc. Após a reunião com ambos, Jorginho Mello procurou o Ministro da Saúde, Luiz Mandetta, acompanhado da Deputada Federal e Coodenadora de combate ao coronavírus em todo o Sul do País, Carmen Zanotto, e foi atendido imediatamente. Depois de apresentar os dados produzidos em conjunto com a ACM e FIESC, recebeu de prontidão autorização do Ministro por meio da Anvisa.

“O nosso trabalho é para salvar vidas, Santa Catarina tem essa característica de superação, nosso estado é formado por gente trabalhadora. A gente tem acompanhado e oferecido suporte para o Ministro da Saúde, enquanto muita gente leva problema, nós de Santa Catarina levamos solução. Não poderíamos ficar reféns de burocracia”, ressaltou Jorginho Mello, emocionado com o resultado positivo.

Após o sinal positivo do Ministro Luiz Mandetta outra supresa positiva. “Todo equipamento produzido por vocês, será destinado para os estados do Sul. Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul”, afirmou Mandetta.

“A gente tem se dedicado exclusivamente, não podemos nos furtar de trabalhar, trabalhar por Santa Catarina, trabalhar pelo nosso povo”, ressalta a Deputada Federal Carmen Zanotto.

Com autorização da Anvisa, agora a expectativa é para começar os trabalhos da WEG, o plano é viabilizar de imediato a compra de todos os componentes necessários para produzir 500 respiradores.

Fonte: Assessoria de Imprensa Senador Jorginho Mello

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias