Por: Redação | 04/12/2018

Presente em todas as edições desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado pelo sistema de pontos corridos em 2002, Santa Catarina terá pela sexta vez mais de um clube na Série A. Em 2019, Avaí e Chapecoense representarão o estado na elite do futebol nacional. Isso aconteceu em 2011, 2016 e 2017 (com 2 clubes), 2014 (com 3) e 2015 (com 4).

“Para um estado com a dimensão do nosso, estar sempre na elite já é uma façanha, pois somente outros cinco estados conseguiram isso até aqui. Mas ter dois novamente é uma conquista para ser celebrada mesmo, pois voltamos a provar nossa força em nível nacional”, exulta o presidente da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina Francisco José Battistotti. “Nos últimos nove anos, em seis tivemos mais de um clube na elite. Em 2019, isso vai se repetir e será muito bom para todos os setores que estão envolvidos com o futebol profissional em Santa Catarina”.

O Avaí já havia assegurado na semana passada a sua vaga na Série A/Foto: Assessoria de Comunicação Avaí

O Avaí já havia assegurado na semana passada a sua vaga na Série A e, neste domingo à tarde, foi a vez da Chapecoense. Com a vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo na Arena Condá, o Verdão do Oeste garantiu a sexta participação consecutiva na Série A do Brasileiro. É a segunda maior marca. Somente o Figueirense conseguiu mais, tendo ficado sete anos seguidos na elite, entre 2002 e 2008.

A Chape conseguiu a manutenção na Série A, graças a uma recuperação nestas rodadas finais/Foto: Sirli Freitas

A Chape conseguiu a manutenção na Série A, graças a uma recuperação nestas rodadas finais. Para o jogo decisivo, a direção do clube fez promoção de ingressos, e o torcedor lotou a Arena Condá neste domingo. Foi recorde de público, com 19.992 pessoas. A Chapecoense terminou o campeonato em 14º lugar com 44 pontos, melhor apenas do que os 43 pontos de 2014. Mas o suficiente para garantir a alegria de milhares de torcedores.

Fonte: Grangeiro & Scarduelli Comunicação