Rodovias da região do Meio-Oeste catarinense serão recuperadas
No máximo de 15 dias inicia a execução dos serviços de manutenção das rodovias/Foto: Divulgação Internet

Rodovias da região do Meio-Oeste catarinense serão recuperadas

Com a assinatura de novos contratos e ordens de serviço, o Projeto Recuperar deve avançar mais uma etapa na melhoria das condições de rodovias estaduais, por meio do Consórcio Interfederativo Santa Catarina (CinCatarina). O ato ocorreu na última semana, no Centro Administrativo do Consórcio, e contou com representantes das duas empresas vencedoras do processo licitatório.

Neste momento, serão beneficiadas rodovias da região no Meio-Oeste catarinense. Os contratos foram assinados com a empresa Triângulo Engenharia, que atenderá a região da Associação de Municípios do Meio Oeste Catarinense (AMMOC), e com a empresa Qualidade Construções e Pavimentações, que realizará os serviços de manutenção rotineira das rodovias estaduais previstas no Plano Rodoviário Estadual na região da Associação de Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (AMARP).

Projeto Recuperar funciona de forma colaborativa. O Governo do Estado repassa os recursos para execução dos trabalhos e os municípios, ligados aos consórcios, apontam os trechos e os serviços prioritários nas rodovias. Cabe à Casa Civil, através da Central de Atendimento aos Municípios, fazer as discussões individuais com os consórcios e construir o melhor modelo que atenda cada região, explica o gerente da CAM, Gabriel Loeff.

“A assinatura dos novos contratos no Meio-Oeste é mais um passo importante para evoluirmos na melhoria das nossas rodovias contempladas pelo Projeto Recuperar”, disse Loeff.

As novas empresas vão substituir a antiga, que solicitou a rescisão devido a impossibilidade de manutenção contratual. Segundo o diretor-executivo do CinCatarina, Elói Rönnau, “esse imprevisto foi contornado e agora os trabalhos serão retomados.

A previsão contratual é de no máximo 15 dias para mobilização das empresas, tempo necessário para que disponibilize pessoal e equipamentos para início da execução dos serviços de manutenção das rodovias estaduais”.

Trabalhos de recuperação contemplarão SCs 355, 350 e 150

Além da assinatura dos contratos, o CinCatarina emitiu sete ordens de serviço para atender as regiões da AMMOC e AMARP. Para a empresa Qualidade Construção e Pavimentação foi autorizado o início dos trabalhos de recuperação e manutenção de: quilômetros 0 a 29 da SC-355, de Fraiburgo a Lebon Régis; quilômetros 29 e 35 da SC-355, que corresponde ao trecho que corta o centro do município de Fraiburgo; e a SC-350, em Caçador, entre os quilômetros 116 a 157.

Outras quatro ordens de serviço foram assinadas para a empresa Triângulo Engenharia realizar trabalhos de manutenção nas rodovias SC-355, dos quilômetros 113 a 127, entre Água Doce e Catanduvas; na SC-150, entre os quilômetros 56 e 75, de Água Doce a Luzerna;  também dos quilômetros 86 a 111 na SC-150, de Joaçaba a Lacerdópolis e de Lacerdópolis a Ouro; e a SC-350 em Água Doce, entre os quilômetros 110 e 116.

Fonte: Assessoria de Comunicação Casa Civil

Deixe uma resposta