André Dalsenter - Vereador/Foto : Assessoria de Imprensa
André Dalsenter - Vereador/Foto : Assessoria de Imprensa

Dalsenter lembra que IPTU teve suspensão de reajuste de 30%

Embora existam reclamações referentes ao valor a ser pago, o montante poderia ser ainda maior

Ao comentar em recente sessão da Câmara que os carnês do IPTU 2019 de Joaçaba já estão disponíveis no site da prefeitura, o vereador André Dalsenter recordou que, embora existam reclamações referentes ao valor a ser pago, o montante poderia ser ainda maior caso o reajuste escalonado no total de 30% não tivesse sido suspenso pela atual administração. 

De acordo com Dalsenter, a administração anterior enviou à Câmara um projeto de lei que recebeu aprovação na época, e previa um aumento de 70% na planta de valores dos imóveis, sendo 40% para o ano seguinte (2015) e outros 30% de forma escalonada, sendo 10% em 2017, 10%  em 2018 outros 10% em 2019, além dos reajustes obrigatórios por lei federal (INPC).

“Nesta administração o prefeito Dioclésio enviou à Câmara um novo projeto para suspender estes 30%. Temos que relembrar o contribuinte desta importante ação”, disse Dalsenter que também havia prometido seu empenho durante a campanha política para derrubar estes aumentos.  

O vereador disse ainda que o reajuste sofrido pela planta de valores dos imóveis nos últimos anos foi somente o que determina a legislação.  Sendo em 2017 (7.39%), em 2018 (1.95% ) e em 2018 (3.56%).

Entenda como seria o valor do IPTU caso os reajustes não tivessem sido suspensos. O exemplo a seguir tem como base um valor R$ 100,00 (cem reais). Dalsenter ressalta que, de acordo com o levantamento feito, a cada R$ 100,00 pagos em IPTU, o contribuinte está deixando de pagar R$ 35,87 (trinta e cinco reais e oitenta e sete centavos), agora em 2019.

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias