A audiência ocorreu na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal e, além de Jorginho Mello, contou com a presença dos senadores Esperidião Amim (PP) e Dário Berger (MDB), do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (sem partido), do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Mauro de Nadal, e do deputado estadual Ivan Naatz (PL), da coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, deputada Ângela Amim (PP), além de diversos parlamentares
A audiência ocorreu na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal e, além de Jorginho Mello, contou com a presença dos senadores Esperidião Amim (PP) e Dário Berger (MDB), do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (sem partido), do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Mauro de Nadal, e do deputado estadual Ivan Naatz (PL), da coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, deputada Ângela Amim (PP), além de diversos parlamentares

BR-470: audiência termina em acordo que contempla todos os lotes da rodovia

Ministro Tarcísio Freitas destacou a questão geotécnica e não financeira na defesa da divisão dos recursos nos trechos

A audiência pública com ministro da infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, em Brasília, nesta terça-feira (17), terminou com um acordo para que os recursos disponibilizados pelo governo do estado, no valor de R$ 300 milhões, sejam colocados nos quatro lotes das obras de duplicação da BR-470.

Jorginho Mello pontuou que além dos lotes 1 e 2, a obra também precisa andar nos lotes 3 e 4. Baseado nos dados do Ministério da Infraestrutura e Dnit, Mello lembrou que estes trechos são lotes que requerem investimentos maiores e se constituem em trechos mais perigosos. O senador comentou ainda o grande significado da audiência representou para Santa Catarina.

Eu vejo, com muita alegria, que hoje nós avançamos bastante para solucionarmos em especial o problema da BR-470. As obras andarão nos quatro lotes. Um cenário muito mais promissor do que tínhamos até então. Saio satisfeito e com o sentimento de dever cumprido para com a região do Vale do Itajaí – destacou Jorginho.

A audiência ocorreu na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal e, além de Jorginho Mello, contou com a presença dos senadores Esperidião Amim (PP) e Dário Berger (MDB), do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (sem partido), do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Mauro de Nadal, e do deputado estadual Ivan Naatz (PL), da coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, deputada Ângela Amim (PP), além de diversos parlamentares.

Tarcísio de Freitas explicou que o andamento das obras nos lotes 1 e 2 dependem do avanço técnico dos trabalhos, já que o solo requer cuidados específicos. “A questão é técnica e não orçamentária” destacou. Além disso, afirmou que independentemente do volume de recursos a obra cumprirá o cronograma já estabelecido pelo Dnit anteriormente e deverá ser entregue em junho de 2022.

Durante a audiência o governador prometeu somar aos R$ 200 milhões, aprovados inicialmente, mais R$ 100 milhões que serão colocados nas obras dos lotes 3 e 4, entre Blumenau e Indaial.

Fonte: Assessoria de Imprensa Senador Jorginho Mello

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bomdiasantacatarina

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias