O Projeto de Lei Complementar das Transações Tributárias (PLC 9/2020) foi aprovado por unanimidade/Foto: Internet
O Projeto de Lei Complementar das Transações Tributárias (PLC 9/2020) foi aprovado por unanimidade/Foto: Internet

Aprovado projeto que facilita renegociação de dívidas de micro e pequenas empresas com a União

Proposta, de relatoria do senador Jorginho Mello, prevê além de resolução de processos litigiosos, prorrogação de 60 para 180 dias do prazo para adesão ao Simples Nacional

O Projeto de Lei Complementar das Transações Tributárias (PLC 9/2020) foi aprovado por unanimidade no plenário virtual do Senado Federal nesta terça-feira (14), em sessão remota. De relatoria do senador Jorginho Mello, a proposta tem origem na Câmara dos Deputados e prevê renegociações de dívidas tributárias de micro e pequenas empresas com a União, segundo a Lei do Contribuinte Legal (Lei 13.988/2020). Pela lei, sancionada em abril, as micros e pequenas optantes pelo Simples Nacional precisariam de uma lei complementar para aderirem às novas regras de negociação. O projeto aprovado supre esta lacuna.

Jorginho Mello – Presidente da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, destacou a aprovação como uma grande vitória para ajudar os empreendedores

O PLP aprovado assegura ainda maior prazo para adesão das micro e pequenas empresas ao sistema do Simples Nacional – de 60 para 180 dias. Jorginho Mello, que é presidente da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, destacou a aprovação como uma grande vitória para ajudar os empreendedores, sobretudo neste período de pandemia.

“É uma matéria da mais alta importância para os micro e pequenos empresários, já que os coloca em pé de igualdade com os grandes no que diz respeito à renegociação de débitos fiscais”, destaca o senador.

O texto segue agora para a sanção do Presidente Jair Bolsonaro, com a expectativa de celeridade e ausência de emendas ou vetos “para que os micro e pequenos possam aderir até o final do mês”.

Fonte: Assessoria de Imprensa Senador Jorginho Mello

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias