O sistema está em fase experimental
O sistema está em fase experimental

Segurança pública de Pinheiro Preto será reforçada com sistema de Videomonitoramento

Ao todo serão 16 pontos espalhados por toda cidade servindo como auxílio na prevenção de delitos

Administração pública de Pinheiro Preto em conjunto com a Polícia Militar e o Fórum da comarca de Tangará, estão implantando sistema de videomonitoramento urbano. O sistema está em fase experimental, e somente começará a vigorar após conclusão dos testes.

Ao todo serão 16 pontos espalhados por toda cidade servindo como auxílio na prevenção de delitos, e na segurança de todos os munícipes, havendo também monitoramento de trânsito e controle de passagem de veículos.

Foram contemplados os bairros Tranquilo Guzzi, São José e Centro da cidade.

Toda a compra e implantação do sistema foi mediada por processo de licitação, através de recursos próprios da administração e convênio com o Fórum de Tangará.

O prefeito Pedro Rabuske destaca que a iniciativa na implantação do sistema de vídeo, mostra a preocupação e zelo da administração pública municipal com a segurança das pessoas que circulam diariamente pela cidade.

“Gostaria de reiterar o empenho do setor de informática na pessoa de sua responsável Sonia Hentz, que de forma conjunta com a Polícia Militar de Pinheiro Preto não mediram esforços por mais este importante serviço colocado a disposição da nossa população”, reforçou Rabuske.

“Essa demanda vinha sendo trabalhada há mais de um ano. Realizamos diversas cotações, trabalhos com várias possibilidades até alcançar um projeto viável economicamente para a prefeitura e que atendesse as sugestões da Policia Militar. Conseguimos uma boa cobertura do município e também vamos contar com um módulo inteligente para reconhecimento de placas dos veículos que transitam nas vias públicas. É um projeto que trará muitos benefícios a todo população” Concluiu Sonia Hentz.

Fonte: ASCOM – Pinheiro Preto

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias