A população a vacina contra o sarampo
A população a vacina contra o sarampo

Secretaria de Saúde de Joaçaba atenderá em horário estendido para vacinar contra o sarampo

O objetivo da campanha é interromper a circulação do vírus e proteger os grupos mais vulneráveis

Para facilitar o acesso da população a vacina contra o sarampo, que é a única forma de prevenção contra a doença, nesta terça-feira (3) e na próxima semana, dia 12 (quinta-feira), a Secretaria de Saúde de Joaçaba estará com horário estendido, das 17h30 às 19h30, nas salas de vacina do Município (ESF Centro 1, Frei Bruno, Santa Tereza, Vila Pedrini, Vila Remor, Nossa Senhora de Lurdes, São Brás).

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo foi lançada pelo Ministério da Saúde no dia 10 de fevereiro, em razão do atual quadro epidemiológico do sarampo, que em 2019 registrou 291 casos em Santa Catarina e em 2020, até agora foram 47 casos confirmados no estado. É uma campanha seletiva e de intensificação e o público-alvo deste momento são as pessoas de seis meses a 49 anos de idade. A vacina está disponível por rotina durante todo o ano e para pessoas nesta faixa etária, as quais podem e devem se vacinar em qualquer momento, nos horários de atendimento das salas de vacina, que é de segunda a sexta-feira, das 07h30 à 11h30 e das 13h às 17h.

O objetivo da campanha é interromper a circulação do vírus e proteger os grupos mais vulneráveis. A meta é atingir 95% de cobertura vacinal. Além da vacina contra o sarampo (tríplice viral que protege também contra caxumba e rubéola) será uma oportunidade para atualizar a caderneta de vacinação da população alvo da campanha e intensificar a vacinação contra a Febre Amarela.

A pessoa até 29 anos é considerada imunizada se tiver registro de duas doses da vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e acima desta faixa etária é necessário apenas uma dose da vacina. Profissionais da saúde de qualquer idade devem fazer duas doses da vacina.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível e extremamente contagiosa. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias ao falar, tossir, espirrar. Os principais sintomas são febre alta, conjuntivite, tosse e coriza e manchas vermelhas pelo corpo.

Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Saúde de Joaçaba no telefone (49) 3521-1555.

Fonte: ASCOM – Joaçaba

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias