Na reunião foi definida uma comissão formada por representantes das diversas entidade
Na reunião foi definida uma comissão formada por representantes das diversas entidade

Joaçaba: Setor de eventos realiza reunião visando à retomada das atividades

Na tarde desta quinta-feira (29), representante do setor de eventos se reuniram com autoridades municipais com o objetivo de apresentar uma proposta de retomada das atividades, a exemplo de outros setores que já voltaram a atuar. O encontro teve o apoio e articulação da Associação Comercial do Oeste de Santa Catarina (ACIOC) e aconteceu no teatro Alfredo Sigwalt com a presença da Polícia Militar, Polícia Civil, Ammoc, Prefeitura de Joaçaba, Secretaria de Saúde, Vigilância Sanitária e Câmara de Vereadores.

No encontro foram apresentados os números que demonstram o impacto sofrido pelo
setor diante do cancelamento de eventos e do isolamento social que foi imposto

No encontro foram apresentados os números que demonstram o impacto sofrido pelo setor diante do cancelamento de eventos e do isolamento social que foi imposto, os pontos que necessitam ser alinhados junto aos órgãos de saúde e demais medidas de restritivas, bem como, foi concedida a palavra para que os participantes pudessem dar suas contribuições em relação ao assunto.

Na reunião foi definida uma comissão formada por representantes das diversas entidades. Essa comissão irá se reunir no dia 06 de novembro para discutir um protocolo único que esteja alinhado com as normas da Secretaria de Estado da Saúde (SES), visando a retomada das atividades. Foi acertado ainda, quanto à uma mobilização para articular com a Secretaria estadual de Turismo o que pode ser flexibilizado na região.

“Foi uma reunião muito proveitosa na qual conseguimos estabelecer um diálogo entre o setor de eventos e todas as partes envolvidas. Pudemos mostrar nossa situação e estamos confiantes que poderemos levar para outras esferas a forma como observamos a questão do Coronavírus e, principalmente, os cuidados que pretendemos tomar para poder voltar a trabalhar” afirmou João Soares que falou representando o setor de eventos.

De acordo com um levantamento feito ainda no mês de junho, ao todo, 59 empresas ligadas ao setor de eventos foram afetadas pelas medidas de isolamento social e de cancelamento, decorrentes da pandemia do Coronavírus. Tiveram impacto negativo os ramos de decoração, restaurantes, bares e similares, sonorização, música, cerimonial, segurança, beleza, serviços gerais, hotelaria, entretenimento. Além do prejuízo financeiro que variou entre R$ 2 mil e mais de R$ 145 mil reais, no total 11 empresas reduziram o quadro de funcionários promovendo 76 demissões e cerca de 200 colaboradores indiretos entre garçons, seguranças, brigadista, serviços gerais e muitos outros, ficaram sem trabalho.

A ACIOC se sensibilizou com a causa e está acompanhando de perto a mobilização do setor em busca de soluções para a situação enfrentada. Para o presidente Angelo Junior Radavelli, a reunião desta quinta-feira, foi um grande avanço, mostrando que a união de interesses e ideias pode vir a trazer resultados positivos.

“De maneira especial, agradecemos a todas as autoridades civis e militares que participaram deste encontro de diálogo na busca pela retomada consciente dos eventos. Acreditamos que, a partir de agora, criamos um canal de comunicação efetivo para colaborar cada vez mais com as demandas deste setor que colabora significativamente com o desenvolvimento econômico da nossa região por meio de todos os eventos que são realizados. Continuamos firmes defendendo e lutando pelos direitos e interesses de todos os nossos empresários dos mais variados setores da economia”, destacou Angelo.  

Fonte: Assessoria de Imprensa ACIOC

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias