É muito comum presenciar cenas de pessoas pedindo esmolas em sinais e em outros pontos do município/Foto: Internet
É muito comum presenciar cenas de pessoas pedindo esmolas em sinais e em outros pontos do município/Foto: Internet

Joaçaba: Secretaria de Assistência Social orienta a população sobre as consequências de dar esmolas

É muito comum presenciar cenas de pessoas pedindo esmolas em sinais e em outros pontos do município. Diante Disso, a Secretaria de Assistência Social de Joaçaba alerta a população para essa situação, no intuito de empoderar essas pessoas a melhorar sua condição de vida, ao invés de dar esmolas.

As equipes dos serviços da Secretaria de Assistência social, em especial a equipe de abordagem social do CREAS realiza um trabalho de identificação de diversas situações, entre elas a de mendicância e segundo o levantamento desta equipe, o número de pessoas em situação de rua vem aumentando. Além do trabalho de identificar, a equipe da abordagem social procura mapear onde essas pessoas estão, de onde vieram e o porquê permanecem no município, para assim poder realizar os encaminhamentos necessários e possíveis a partir das demandas apresentadas pelo usuário.

Assistência Social chama a atenção da comunidade, pois identificou que a população joaçabense busca ser solidário com esse público/Foto: Internet

A equipe de Abordagem faz a busca ativa a esses usuários, identifica suas necessidades e busca dar os encaminhamentos necessários, exemplo disso, são pessoas de outros municípios que se deslocam para Joaçaba e região em busca de trabalho e acabam passando alguns dias na rua até se estabelecerem. Nesses casos, a equipe procura fornecer encaminhamentos e fomentar parcerias com algumas entidades/empresas para alcançar os objetivos do usuário.

Também existem os migrantes que são aqueles que não pretendem fixar residência no município, que são os transeuntes, ciganos, entre outros. E são nestes casos em especial que a Assistência Social chama a atenção da comunidade, pois identificou que a população joaçabense busca ser solidário com esse público, que são geralmente homens sozinhos ou mulheres acompanhadas de crianças, o que causa na população uma impressão distorcida da realidade o que acaba gerando a intenção de amparar esse público, sendo que isso acaba por gerar a permanência desses na cidade e prejudica o trabalho que as equipes de Assistência Social desempenham com tais usuários, pois a “ajuda” com dinheiro ou alimentos que a população acaba fornecendo fortalece a situação de mendicância, o que dificulta que esse usuário busque alternativas para melhorar sua condição social.

A Assistência Social também observou na fala de vários desses usuários que a situação deles é cômoda: “tenho comida de graça, tenho onde dormir (mesmo que em locais precários como casas abandonadas), peço dinheiro para as pessoas para manter meu vício, trabalhar, mudar de vida para que, se está muito bom assim”.

Diante disso, a Secretaria de Assistência Social informa que as equipes estão à disposição e orienta a população para que entrem em contato pelo telefone (49) 3527 – 8855, quando visualizarem algum indivíduo nesta situação, pois o trabalho da Assistência Social é auxiliar na melhoria das condições de vida deste público.

Fonte: ASCOM – Prefeitura Joaçaba

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias