A Secretaria de Saúde apresentou para o prefeito
A Secretaria de Saúde apresentou para o prefeito

Joaçaba reorganiza território de saúde com novo remapeamento

Foram cadastrados quase 80% da população de Joaçaba

Na última terça-feira (18), a equipe da Secretaria de Saúde apresentou para o prefeito, vereadores e secretários municipais a territorialização do Município de Joaçaba, que vem sendo trabalhada desde fevereiro de 2018. Para realizar o trabalho, foram promovidas oficinas com as agentes de saúde, visitas nas unidades de saúde para levantamento de dados e reconhecimento do território e também o recadastramento da população, onde foram cadastrados quase 80% da população de Joaçaba, para obter dados mais precisos e desta forma estruturar a nova redivisão das áreas e microáreas pertencentes as unidades de saúde conforme padrões ministeriais.

A nova Política Nacional de Atenção Básica de 21 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde apresenta algumas alterações referentes ao território e funcionamento das unidades de saúde. Ela traz a opção de os agentes comunitários de saúde visitarem mensalmente somente vulnerabilidades, casos estes que necessitam da visita mensalmente com um olhar diferente à situação de saúde. O cadastro deve ser de 100% da população tendo todos o direito de ter o seu cadastro na unidade de saúde e poderem ser acompanhados e assistidos quando necessário. Como não serão mais visitadas todas as casas, duas vezes no ano, nos meses de março e setembro, as agentes de saúde passarão de casa em casa para manter os cadastros atualizados.

Diante disso, Joaçaba está reorganizando o seu território de saúde, deixando o mais próximo possível do preconizado, respeitando a área geográfica existente e estruturas que estão disponíveis hoje. O planejamento foi feito para os próximos 10 anos, sendo que todos os novos loteamentos e prédios já foram levantados a fim de calcular e estimar as áreas que poderão apresentar ou não o aumento da população, tendo em vista que cada ESF tem um número estimado de população a ser acompanhada.

Os moradores também estão recebendo um novo cartão de agendamento com um novo número da microárea e da família, sendo indispensável a apresentação destes documentos para o atendimento na unidade de saúde.

Para otimizar o serviço, no final do mês de maio, a Secretaria de Saúde realizou um treinamento com as Agentes de Saúde com os novos tablets, pois toda a produção e cadastros dos indivíduos volta a ser em meio eletrônico, não utilizando mais o papel.

Logo após a inclusão dos cadastros ser concluída, as visitas voltarão a ser realizadas e cobradas,  onde 100% dos vulneráveis deverão ser visitados, como pacientes hipertensos, diabéticos, crianças até 11 anos e 12 meses de idade, idosos com mais de 60 anos, pacientes acamados, síndromes e deficiências- ex.: físico (cadeirantes), mental, visual, auditiva , pacientes transplantados, pacientes com câncer, pacientes em tratamento de tuberculose, gestantes, puérperas, recém-nascidos, famílias em acompanhamento do bolsa família, estrangeiros, usuários de álcool e drogas, pacientes do CAPS, área rural, paciente em condição social baixa/ problemas socioeconômicos que sejam identificados, pacientes com problemas familiares, os quais deixem os mesmo vulneráveis a outras doenças.

A secretaria de Saúde de Joaçaba pede a colaboração de toda a população neste processo que tem por finalidade reorganizar o território, suas áreas e microáreas e através deste trabalho, poder planejar ações de prevenção e promoção de saúde mais eficazes.

Fonte: ASCOM – Joaçaba

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias