Ana Paula estudou zootecnia na UPIS
Ana Paula estudou zootecnia na UPIS

Zootecnistas contribuem para o bom desempenho da pecuária brasileira

Há mais de 55 anos que o Brasil comemora o Dia do Zootecnista. O trabalho, cuidado e dedicação desses profissionais, ao longo dos anos, contribui para o bom desempenho da produtividade e rentabilidade da pecuáriae, consequentemente, da produção de alimentos.

A data é celebrada no dia 13 de maio em homenagem a aula inaugural da primeira turma de graduação em zootecnia, na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Uruguaiana (RS), em 1966. O curso foi o primeiro voltado exclusivamente para a área no Brasil e o terceiro da América Latina.

Desde 1966, a zootecnia expandiu e se solidificou como profissão essencial para o desenvolvimento da pecuária. Segundo a Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ), existem atualmente 35 mil profissionais formados, 129 cursos de graduação e 21 mil alunos com matrículas ativas nessas instituições.

Dentre inúmeras atribuições, o zootecnista é responsável pelo melhoramento genético dos animais, com foco não só em reprodução e produtividade, mas no bem-estar de bovinos, suínos, ovinos e aves. Trabalho que rendeu ao Brasil o título de maior exportador de carne bovina e de frango do mundo.

Com o uso de tecnologias e desenvolvimento de pesquisas científicas, o Brasil também se mantém em primeiro lugar quando o assunto é rebanho bovino comercial. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), são mais de 200 milhões de cabeças.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) parabeniza e agradece a todos os profissionais por garantir a segurança alimentar do país e do mundo.

Fonte: CNA

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bomdiasantacatarina

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias