Produtores de fumo ainda poderão emitir notas fiscais de forma manual neste ano
Produtores de fumo ainda poderão emitir notas fiscais de forma manual neste ano

Produtor de Tabaco, poderá emitir nota fiscal manual nesta safra

Em atendimento ao pleito da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) e do setor fumageiro, a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) manteve para a safra de 2021 a utilização de Notas Fiscais de Produtor Rural (NFPR) emitidas manualmente nas operações interestaduais. O documento deve ser remetido do produtor rural para a empresa processadora de fumo estabelecida em outra Unidade Federativa detentora de Tratamentos Tributários Diferenciados (TTDs) que contenham esta permissão.

De acordo com o presidente da FAESC, José Zeferino Pedrozo, algumas propriedades rurais ainda não são atendidas por sinal de internet e encontram dificuldades para emissão eletrônica do documento, exigida pela legislação em vigor. Em Santa Catarina, são cerca de 44 mil produtores. 

O vice-presidente regional da Federação, membro Fórum Nacional da Cadeia Produtiva do Tabaco (Foniagro) e presidente do Sindicato Rural de Irineópolis/SC, Francisco Eraldo Konkol destaca outras dificuldades dos produtores e reforça a necessidade de mais prazo para adaptação. “Além da dificuldade no sinal de internet, muitos produtores relatam que temporais e eventuais quedas de energia também prejudicam a emissão das notas fiscais eletrônicas. Por isso, a prorrogação do governo para esta safra é importante, pois possibilitará mais tempo hábil para adequação dos produtores ao modelo eletrônico. Até lá, eles podem procurar ajuda dos Sindicatos Rurais nos municípios”, ressalta Konkol.

Segundo a Secretaria da Fazenda, a legislação catarinense define a obrigatoriedade do uso da Nota Fiscal ao Produtor Rural Eletrônica nas operações interestaduais, mas algumas empresas processadoras de fumo alegaram precisar de mais tempo para se adequarem ao modelo. A meta do Estado é auxiliar o setor para que, em 2022, todos estejam utilizando o modelo de forma online.

“Nossos esforços também serão neste sentido”, sublinha o presidente da FAESC.

MERCADO

O Sul do Brasil concentra 99% da produção de tabaco do País e exporta 80% do total produzido. A última safra produziu 633 mil toneladas. A atividade é uma das agroindustriais mais significativas e reúne 146,4 mil produtores.

Fonte: MB Comunicação

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bo
mdiasantacatarina

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias