O produtor precisa visualizar as novas variedades
O produtor precisa visualizar as novas variedades

Mais de 300 produtores no Dia de Campo da Coocam em Curitibanos

A filial de Curitibanos abriu o calendário 2019 de eventos da Coocam

No último sábado (09), a Cooperativa Agropecuária Camponovense, recebeu seus associados e os produtores cooperados, na filial da cooperativa, em Curitibanos para a 3ª edição do Dia de Campo, que une conhecimento, tecnologia e as últimas novidades do setor do agronegócio. Mais de 300 produtores visitaram o campo demonstrativo, em anexo a filial de Curitibanos, número bem superior as demais edições.

Um dos objetivos da realização dos Dias de Campo Coocam em locais distintos – em todas as filiais da cooperativa – é abordar tecnicamente a comparação e adaptação das novas variedades conforme o solo e condições climáticas de cada região. “Não são as mesmas variedades de grãos que produzem em todos os lugares”, lembra João Carlos Di Domenico, presidente da Coocam.

Na opinião do presidente da Coocam, o produtor precisa visualizar as novas variedades, os modelos de plantio e tratamentos diferenciados para avançar e vencer as dificuldades lá no campo. Também conhecer as novas formas de manejo para sua lavoura, dando assim, mais confiabilidade nas escolhas para as próximas safras. Ele lembra que a cada ano surgem novas doenças, parasitas e fungos, fazendo com que novas técnicas de manejo sejam constantes. “Os Dias de Campo da Coocam são para isso – de maneira simples e prática – colaborar com as principais decisões do produtor, pois, ele precisa colher muito bem para poder ter lucros e assim, se manter na atividade”, observa João Carlos Di Domenico.

O vice-presidente da Coocam, Riscala Fadel Junior reforçou o quanto as tecnologias do setor rural evoluíram. “Nestes 26 anos de Coocam, em todos os anos foram apresentadas novas tecnologias aos produtores”. Junior destacou ainda em seu pronunciamento – na abertura oficial do Dia de Campo – o quanto o Brasil é produtivo, onde 8% da área total do país é agrícola e assim, colabora com a alimentação de cerca de 20% da população mundial.

Avaliação do evento

O gerente da filial de Curitibanos, Cristiano Goes, ressaltou que o Dia de Campo é um momento de extrema importância, pois, o agronegócio é um setor dinâmico e portanto, é imprescindível replicar as novas informações do setor. Através da aproximação do produtor com a cooperativa surge um elo, motivando ainda mais para a realização de eventos técnicos – um reforço aos produtores.

Estiveram presentes no Dia de Campo de Curitibanos as seguintes empresas: Syngenta, Bayer, Adama, FMC, Basf, Microquimica, Pionner, Agroceres, Koppert, UPL, Sicoob e Fecoagro, com apoio do Sescoop.

O que dizem os produtores

O produtor Daniel Lorenzi Dinon, 55 anos de idade, residente no interior do município de Monte Carlo, participou pela segunda vez do Dia de Campo da filial de Curitibanos e ressaltou o quanto são importantes eventos técnicos nesse formato oferecido pela Coocam. Segundo ele, além de ser mais produtivo, também possibilita saber mais sobre as adaptações das culturas, na região. Na opinião dele os cultivares do campo demonstrativo, edição 2019, estão ainda melhor. “Vale a pena tirarmos um tempo para participar do Dia de Campo. Aqui tivemos oportunidade de ver de pertinho as novidades e ainda, ouvimos muitas orientações relevantes. Quero levar para minha propriedade, todo o conhecimento adquirido e dividir com os meus filhos”. O pequeno produtor utiliza 15 hectares para plantio de grãos e 5 hectares utiliza para pastagem de gado de leite.

Fabiano Daligna, produtor de Curitibanos, lembra que devido aos desafios e evolução do agronegócio, é preciso estar sempre atento no mercado tecnológico, para assim, aumentar a produção das lavouras, além de visualizar a maneira de manejo para tornar os grãos mais resistentes às doenças. “Todo o ano a gente tem esse desafio de aumentar a produção, pois, os custos sempre aumentam. Por esse motivo, pensando nas novas técnicas apresentadas constantemente, participamos do Dia de Campo da Coocam – uma maneira de alinhar os ponteiros de nossas lavouras com o que há de mais modernos no mercado”, disse Fabiano completando que, pelo fato do Dia de Campo ser direcionado para as questões regionais, se torna ainda mais interessante. “Um evento focado nos problemas encontrados em nossa região e isso é muito importante”.  Fabiano planta 100 hectares de grãos no município.

Fonte: Assessoria de Imprensa Coocam

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias