Japão anuncia o fim do embargo á exportação de carne de frango catarinense/Foto: Shutterstock
Japão anuncia o fim do embargo á exportação de carne de frango catarinense /Foto: Shutterstock

Japão anuncia o fim do embargo á exportação de carne de frango catarinense

Depois de intensas tratativas diplomáticas e técnico sanitárias, Santa Catarina conseguiu retirar o embargo a exportação de carne de frango e derivados para o Japão. A influenza aviária é uma doença de alto risco e quando descoberta é obrigatória a notificação aos órgãos oficiais nacionais e internacionais de controle de saúde animal, provocando a formação de barreira sanitária para a comercialização de produtos avícolas no mercado interno e externo.

Embora o Brasil mantenha o status livre da Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (IAAP) em granjas comerciais, a detecção de focos em aves subsistência foi determinante para o embargo temporário das exportações.

A notícia divulgada hoje pelo Governador do Estado Jorginho Mello é resultado do esforço técnico e diplomático junto ao embaixador Teiji Hayashi em encontro realizado em 17 julho passado. As consequências do embargo repercutiram também no bolso dos japoneses e o preço do quilo disparou. “Com o volume menor nas exportações catarinenses, a oferta reduziu e o preço do quilo disparou no Japão” explica o diretor da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Luis Rua.

Além da comemoração do Governo Catarinense, a indústria também respira aliviada com a decisão. O secretário da diretoria executiva da AuroraCoop Romeu Bet disse que “esse desembaraço, agrada a todas as agroindústrias brasileiras, cooperativadas ou não, e, em especial o produtor de aves. Havia forte pressão de superoferta no mercado interno, aniquilando margens de toda a cadeia. Com a medida, a situação volta a uma certa normalidade em termos de procura e oferta”.

Japão anuncia o fim do embargo á exportação de carne de frango catarinense
Japão anuncia o fim do embargo á exportação de carne de frango catarinense/Foto: Shutterstock

O secretário da Agricultura de Santa Catarina Valdir Colatto destaca que “a carne de frango exportada é fruto da dedicação dos nossos produtores rurais que fornecem uma produção de extrema qualidade e que seguem todas as normas sanitárias internacionais.

O Estado historicamente, tem um trabalho de referência mundial na prevenção de doenças, inclusive da Influenza. A retirada deste embargo restabelece os volumes exportados e avaliza todo esse grande trabalho” afirma Colatto. O secretário também destaca que o embargo despertou a sociedade para a importância e a necessidade de todos colaborarem com a proteção sanitária animal.

Pelo lado diplomático o secretário de Articulação Internacional Juliano Frohner afirma que “o incidente serviu para aproximar ainda mais o Japão de Santa Catarina, pois as autoridades japonesas puderam conferir e confirmar tanto a atuação preventiva quanto a atuação pronta, resolutiva e firme do Estado”.

O volume financeiro das exportações de carne de frango até julho de 2023 foi de US$ 1,370 bilhões de dólares, perfazendo uma variação positiva de 9,5%, com uma participação nos volumes exportados pelo Brasil de 23,3% segundo dados do Observatório Agro Catarinense.

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bomdiasantacatarina

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​

Ultimas notícias