No ciclo agrícola 2021/22 Santa Catarina deve produzir 2.720.516 de toneladas de milho grão na primeira safra/Foto: Internet
No ciclo agrícola 2021/22 Santa Catarina deve produzir 2.720.516 de toneladas de milho grão na primeira safra/Foto: Internet

Estimativas apontam aumento na produção de milho em Santa Catarina

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), José Zeferino Pedrozo, participou do evento on-line que lançou as estimativas da safra de verão 2021/22 em Santa Catarina. Os números foram apresentados pela Epagri/Cepa na tarde de segunda-feira (20).

De acordo com as projeções, se tudo correr bem e o clima ajudar, a safra de verão 2021/22 deve apresentar um bom resultado. Pedrozo saiu do evento otimista ao conhecer dados que apontam que o milho deve retornar aos patamares médios históricos, depois de uma forte quebra na safra anterior. “Apesar dos desafios que viemos enfrentando, tudo indica que teremos uma boa colheita tanto do milho quanto de outras culturas importantes para o Estado. Com isso, o mercado deve se manter aquecido”.

Conforme os índices destacados, a soja segue no crescimento sistemático dos últimos anos, provocado pela ampliação constante da área plantada. O arroz permanece estável, com uma discreta perda de produção. A banana também tem expectativa de crescimento da produção, diante de problemas climáticos que atingiram os pomares e causaram perdas na safra passada. A produção de maçã permanece praticamente estável.

Milho grão

No ciclo agrícola 2021/22 Santa Catarina deve produzir 2.720.516 de toneladas de milho grão na primeira safra. Este número é 51,2% superior à safra anterior, quando o Estado produziu 1.799.370 toneladas do cereal. “A estiagem e o ataque de pragas comprometeu fortemente a produção na safra 2021/21. Esse aumento projetado para a próxima safra de verão representa uma retomada aos patamares normais de produção do grão, caso tudo corra bem em relação ao clima”, explica Haroldo Tavares Elias, analista da Epagri/Cepa.

Milho silagem

A produção de milho silagem nesta safra de verão deve chegar a 9.246.058 toneladas, volume 61,4% maior do que na safra 2020/21, quando o Estado produziu 5.720.038 de toneladas. Caso as condições climáticas se mantenham apropriadas, a Epagri/Cepa estima uma produtividade média de 41.648 kg/ha, índice 61,9% superior ao ciclo agrícola 2020/21.

Soja

A soja é o grão que deve ter maior expansão de área plantada no Estado na safra 2021/22. Nesta safra de verão, Santa Catarina deve contar com 725.698 de hectares de lavouras de soja (primeira e segunda safras), contra 699.428 no ciclo anterior, um crescimento de 3,8%. Com esta área plantada e no cenário ideal de clima, os agricultores catarinenses devem colher 2.632.901 toneladas do grão ao final das duas safras. Esse número é 11,8% maior do que a safra anterior, quando no Estado produziu 2.354.121 toneladas de soja. A produtividade média vai ficar em 3.628 kg/ha.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Epagri

Fonte: MB Comunicação

Click na Home e escolha o idioma para sua leitura….
https://bomdiasc.com.br
@bomdiasantacatarina

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias