A entrega do selo ocorreu no dia 28 de junho e foi realizada pelos representantes da Basf/Foto: Assessoria de Imprensa
A entrega do selo ocorreu no dia 28 de junho e foi realizada pelos representantes da Basf/Foto: Assessoria de Imprensa

Copercampos recebe selo de qualidade em TSI

A qualidade do Tratamento de Sementes Industrial - TSI é determinante para que o agricultor conquiste altas produtividades

A qualidade do Tratamento de Sementes Industrial – TSI é determinante para que o agricultor conquiste altas produtividades e na Copercampos, este serviço é oferecido para gerar rentabilidade no campo.

A eficiência do TSI Copercampos foi verificado pela Basf, que por meio do Selo Seed Solutions atesta a qualidade do tratamento de sementes. A cooperativa recebeu neste mês de junho, os resultados dos lotes analisados em 2019 e a validação da Basf.

A entrega do selo ocorreu no dia 28 de junho e foi realizada pelos representantes da Basf, Pedro Lara – Coordenador de Marketing de Tratamento de Sementes, Silvia Ortiz Chini – Trade Marketing e pela RTV para a região Schaiane Piovezan.

O selo Seed Solutions é composto testes que aferem a qualidade do TSI realizado nas Sementes Copercampos. São eles: Físico: Emissão de Poeira, Fluidez e Plantabilidade; Químico: HPLC e Análise Visual.

Na análise visual são conferidas a qualidade e uniformidade do recobrimento da semente tratada. No teste químico de HPLC são avaliadas a quantidade mínima exigida de ingrediente ativo aplicado. Já nos testes físicos são identificadas aemissão de poeira, fluidez e plantabilidade.

De acordo com o Gerente de Sementes da Copercampos, Marcos Juvenal Fiori, o Selo Seed Solutions atesta que o Tratamento Industrial de Sementes – TSI da Copercampos é feito de acordo com a dosagem e procedimentos recomendados pela Basf e assegura ao produtor que todos os aspectos legais e ambientais estão sendo respeitados.

“Ficamos honrados em receber este selo que certifica o Tratamento de Sementes Industrial da Copercampos. Este reconhecimento demonstra nossa preocupação em realizar o tratamento com alta qualidade, protegendo as sementes contra pragas e doenças no início de ciclo das plantas”, ressalta Fiori.

Sem um TSI de qualidade, pode ocorrer à infestação de pragas, fungos, bactérias e nematoides nas plantas, como também surgir às deficiências nutricionais, que debilitam o crescimento e até mesmo comprometem a produtividade da lavoura. O TSI visa a proteção, a sanidade e maiores taxas germinativas das plantas.

A Copercampos conta com cinco Centrais de Tratamento Industrial de Sementes (CTIS’s), localizadas em Campos Novos, Curitibanos e Campo Belo do Sul, todas em Santa Catarina.

Fonte: Assessoria de Imprensa Copercampos

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias