A cor rosa tomou conta do dia de aprendizado e confraternização/Foto: Assessoria de Imprensa
A cor rosa tomou conta do dia de aprendizado e confraternização/Foto: Assessoria de Imprensa

Agroindústria reúne produtoras rurais do Oeste em Chapecó

Evento reuniu 10 turmas do Programa Mulheres em Campo

“O que mudou para mim depois de participar do Programa Mulheres em Campo é que agora eu digo e sei que eu consigo, eu posso. Eu superei os meus medos”. A afirmação é da produtora rural da linha Navegantes, em Lajeado Grande, Evandra Baggio. Ela participou da primeira turma do programa em Chapecó, em 2017, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), em parceria com a BRF e Sindicato Rural de Chapecó.

Evandra também foi uma das 120 mulheres que participaram de encontro na última semana que reuniu as produtoras rurais integradas à BRF que concluíram o programa entre 2017 e 2019 no Oeste. O evento Agro Rosa Chapecó, que marcou o Outubro Rosa, foi promovido pela BRF, com participação do SENAR/SC. A iniciativa reuniu mulheres de dez grupos do programa dos municípios de Chapecó, Caxambu do Sul, Nova Itaberaba, Águas de Chapecó, Guatambu, Coronel Freitas e Cordilheira Alta.

O evento foi dividido em dois momentos: um de manhã, com as mulheres que concluíram o programa, e um a tarde, com todas as integradas da BRF. O objetivo foi reconhecer e valorizar a importância da mulher no campo. De manhã, foram abordados temas sobre saúde da mulher, gestão da produção, empoderamento feminino, dinâmicas de conhecimento e resgate dos assuntos trabalhos durante o Mulheres em Campo.

À tarde, com a participação de aproximadamente 600 produtoras rurais de 27 municípios, aconteceram palestras motivacional e sobre câncer de mama, explanação sobre o Programa Mulheres em Campo, dinâmica sobre empoderamento feminino e assuntos relacionados à produção rural.

A prestadora de serviço em instrutoria do SENAR/SC, Rosa Marina Seghetto, explicou que o Programa Mulheres em Campo atua com foco no empreendedorismo feminino no campo. As aulas foram divididas em cinco módulos que integraram assuntos como diagnóstico de propriedade, planejamento, levantamento de custos, comercialização e desenvolvimento pessoal e humano. “No decorrer de cada encontro as mulheres passam a visualizar suas propriedades como verdadeiras empresas rurais e a identificar mudanças que contribuirão para o crescimento e desenvolvimento da produção”, observou.

Para Evandra, o programa mudou sua vida. “Participei da primeira turma, que aconteceu na BRF, em Chapecó. Uma das minhas superações foi dirigir até Chapecó para poder participar do curso, pois eu tinha medo”, contou. Evandra atua na propriedade com a família há 23 anos, com produção de frango de corte e grãos. “Eu fui professora, dei aula por cinco anos, mas não me achei na profissão. Então, passei a atuar na propriedade e, hoje, após o Mulheres em Campo, vejo a propriedade com outros olhos. Além do aviário e dos grãos produzimos frutas e verduras. Temos muito potencial”, relatou.

A veterinária e extensionista da BRF, Raquel Saquetti, participou da primeira turma do programa junto com o grupo de integradas de várias regiões, em 2017. “Em 2018 e 2019 resolvi levar o curso até as comunidades onde atuo como extensionista, percebendo que a participação delas era maior. Tivemos resultados surpreendentes, a valorização da mulher no campo é necessária, pois elas percebem os detalhes, por isso precisam conhecer a propriedade e participar das decisões. Hoje meu propósito dentro da empresa é levar o curso para as mulheres que ainda não participaram e capacitar 100% de nossas integradas, tornando-as mulheres fortes e empreendedoras”, ressaltou.

PARCERIA QUE DEU CERTO

Para a gerente de agropecuária Chapecó da BRF, Maria Goretti Buzanello, as mulheres que participaram do programa se encorajaram para buscar mudanças e fazer diferente. “Tenho 30 anos de empresa e quando cheguei em Chapecó, há quatro anos, quis aprimorar o trabalho com as mulheres e o Senar fez a parceria conosco. As mulheres que participaram querem se desafiar e se aperfeiçoar. Nós damos o tom que queremos para mundo e a mulher, quando diz quer fará, ninguém segura”.

O gerente industrial Chapecó da BRF, Sandro Fontes, salientou a importância do trabalho das produtoras rurais. “Nós temos um propósito na empresa que é alimentar o mundo com produtos de qualidade e as mulheres são fundamentais. Todos os envolvidos são importantes e têm uma responsabilidade muito grande nesse processo”.

O supervisor do Senar/SC na região Oeste, Helder Jorge Barbosa, destacou a parceria com a BRF e Sindicato Rural de Chapecó para a concretização do programa na região. “No total, 141 mulheres concluíram a capacitação. Oportunizar o acesso à qualificação no meio rural é um dos objetivos do SENAR, que atua em todo o Estado com diferentes ações para melhorar a produção, a rentabilidade e a qualidade de vida dos empresários rurais e a mulher é parte essencial desse processo”.

Conforme explicou o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, o programa desenvolve competências de empreendedorismo e gestão, orienta na descoberta do potencial de cada participante na gestão da propriedade, ensina a planejar e a transformar uma atividade produtiva em negócio. “Para o Sistema FAESC/SENAR e Sindicato Rural o Programa Mulheres em Campo é importante porque atua com a parte da família que faz a diferença: as mulheres. Elas têm um olhar peculiar e no mundo de hoje os detalhes fazem a diferença para o resultado final. Queremos ter cada vez mais a participação feminina não apenas nas atividades nas propriedades, mas também na gestão do Sistema FAESC/SENAR e Sindicatos Rurais”, salientou, acrescentando que a parceria com a BRF contribui para a entrega de produtos cada vez melhores.

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Notícias Relacionadas

Faça uma pesquisa​​

Ultimas notícias