Agronegócios Bom Dia Rural Economia Educação Esporte Estado Geral Polícia Política Região Turismo
Santa Catarina - Tenha uma boa tarde, hoje é DOMINGO - 25 de Junho de 2017 - Agora são
  BALNEÁRIO CAMBORIÚ
  BLUMENAU
  CAÇADOR
  CAMPOS NOVOS
  CAPINZAL
  CATANDUVAS
  CHAPECÓ
  CONCÓRDIA
  CURITIBANOS
  FLORIANÓPOLIS
  FRAIBURGO
  HERVAL D'OESTE
  IPIRA
  ITÁ
  JARAGUÁ DO SUL
  JOAÇABA
  JOINVILLE
  LAGES
  LUZERNA
  OURO
  PENHA
  PINHEIRO PRETO
  PIRATUBA
  RIO DO SUL
  TREZE TÍLIAS
  VIDEIRA
  XAXIM

ECONOMIA
Prévia da inflação oficial em junho é a menor para o mês desde 2006
Bom Dia SC 23/06/2017 | Sexta-Feira - na categoria (Economia)
Alimentos e bebidas registraram redução de preços de 0,47%

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), registrou 0,16% em junho deste ano, abaixo da taxa de 0,24% de maio. É o índice mais baixo para a prévia de junho desde 2006, quando o IPCA-15 chegou a -0,15%.
        Segundo dados divulgados hoje (23), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com a prévia de junho, a inflação oficial acumula taxa de 3,52% em 12 meses. A taxa acumulada em 12 meses é a menor desde junho de 2007 (3,44%).
        Entre os grupos de despesa que mais contribuíram para a queda da inflação na prévia do mês estão os alimentos e bebidas, que registraram deflação (redução de preços) de 0,47% e os transportes (-0,10%).

Preços de alimentos têm queda
        A diminuição de preços nos alimentos foi influenciada principalmente pelos produtos comprados para consumo em casa, que ficaram 0,83% mais baratos, entre eles, o tomate (-12,41%), frutas (-7,20%), óleo de soja (-3,85%), pescados (-2,93%) e arroz (-1,70%). A refeição fora de casa ficou 0,19% mais cara.
        Entre os principais responsáveis pela queda de 0,10% no custo dos transportes na prévia de junho se destacam o etanol (-2,05%), gasolina (-0,37%) e ônibus interestaduais (-0,95%).
        Na contramão da média da inflação oficial, os gastos com habitação cresceram 0,93%, puxados pelo aumento do custo com energia elétrica (2,24%), taxa de água e esgoto (1,57%), condomínio (1,14%) e artigos de limpeza (0,84%).

 

 

Fonte: Agencia Brasil
 

Demais Notícias cadastradas relacionadas:
22/06/2017 | Quinta-Feira - Banco Central estima inflação abaixo de 4% em 2017   


Clique para Voltar uma página
Painel de administração