Agronegócios Bom Dia Rural Economia Educação Esporte Estado Geral Polícia Política Região Turismo
Santa Catarina - Tenha uma boa noite, hoje é QUINTA-FEIRA - 17 de Agosto de 2017 - Agora são
  BALNEÁRIO CAMBORIÚ
  BLUMENAU
  CAÇADOR
  CAMPOS NOVOS
  CAPINZAL
  CATANDUVAS
  CHAPECÓ
  CONCÓRDIA
  CURITIBANOS
  FLORIANÓPOLIS
  FRAIBURGO
  HERVAL D'OESTE
  IPIRA
  ITÁ
  JARAGUÁ DO SUL
  JOAÇABA
  JOINVILLE
  LAGES
  LUZERNA
  OURO
  PENHA
  PINHEIRO PRETO
  PIRATUBA
  RIO DO SUL
  TREZE TÍLIAS
  VIDEIRA
  XAXIM

CHAPECÓ

Chapecó 100 anos: as cooperativas fazem parte dessa história

Bom Dia SC 16/08/2017 | Quarta-Feira
Marcos A Bedin - Jornalista
Potencialidades e deficiências marcam os 100 anos de emancipação do município de Chapecó que catalisa as vantagens e encargos de polarizar uma extensa região formada pelo oeste catarinense, sudoeste paranaense e noroeste sul-rio-grandense
        A atual base territorial em nada lembra a vastidão dos 14.000 quilômetros quadrados que, em 1917, constituíam seu território, demarcado pelas fronteiras com a República Argentina, os Estados do Rio Grande do Sul e Paraná e o meio-oeste catarinense. Embora seja, hodiernamente, 5% da expressão territorial do passado, Chapecó ampliou e consolidou, nessa trajetória de quase nove décadas, sua liderança como centro econômico, político e cultural
        A pujança econômica reside em uma agricultura moderna, um avançado parque agroindustrial, uma sólida indústria metalúrgica e florescente segmento de empresas de base tecnológica. Nas últimas décadas, Chapecó encontrou uma nova vocação: constituir-se em centro de serviços de, praticamente, todas as áreas da atividade humana - e, em especial, na saúde e na educação. Sua importância política pode ser medida pela representação nos poderes constituídos e nos órgãos de governo instalados.
        A condição de centro cultural deve-se, em grande escala, às 26 instituições de ensino superior instaladas no município que, além do ensino formal de graduação, desenvolvem ações de extensão e pesquisa. Nessas áreas, a classe artística presta importante contribuição, produzindo, promovendo e interagindo com os diversos públicos.
        Nesse cenário, desde os primórdios da fundação do município, emergiu um movimento que iria plasmar a formação econômica como reflexo da natureza associativista das etnias aqui presentes: o cooperativismo. A primeira cooperativa de crédito surgiu no extremo-oeste, quando Itapiranga era uma fração do território do Velho Chapecó. O movimento alastrou-se para todos os segmentos e, hodiernamente, as maiores cooperativas dos ramos agropecuário, crédito, transporte, infraestrutura e saúde estão sediadas nessa área. Tornaram-se paradigmas nacionais de sucesso empresarial a Cooperativa Central Aurora Alimentos e a Cooperativa Agroindustrial Alfa, ao lado, por exemplo, de Unimed, Unicred, Sicoob, Sicredi et
        As deficiências de Chapecó são próprias de um município em desenvolvimento, com demandas sociais superiores à capacidade de atendimento do Poder Público. O fenômeno migratório conhecido como êxodo rural, resultado de uma dinâmica socioeconômica peculiar nos países em desenvolvimento, foi exasperado - no passado recente - pela excessiva divulgação dos programas sociais-assistenciais do município, resultando no espantoso crescimento da periferia.
        Constituída, de regra, por uma população hipossuficiente, a periferia representa uma grande parcela da população a assistir, criando necessidades de empregos, vagas escolares, leitos hospitalares, remédios e medicamentos, cestas básicas etc., sem mencionar os maciços investimentos exigidos para sua urbanização e infraestruturação. Controlar esse processo, é vital para reequilibrar os níveis de qualidade de vida em Chapecó.
        Nos últimos anos, o município aperfeiçoou os instrumentos da política de apoio à expansão econômica mediante estímulos fiscais (isenções, reduções e imunidades) e estímulos materiais (terrenos, terraplenagem, acessos, energia etc.)
        Esse cenário realça os desafios de um universo ultradinâmico e nervoso, e credencia Chapecó como o maior, melhor e mais preparado centro urbano regional, cujo maior patrimônio é seu povo - uma gente alegre, amante da paz e do trabalho, otimista com o presente, confiante no futuro, temperada nos mais caros valores humanos
        Refletindo essa riqueza, Chapecó desfruta do status de segundo maior centro de comunicação social do Estado de Santa Catarina. Essa posição é mensurada pelo número de veículos de comunicação em funcionamento e pelos recursos humanos ocupados na área. Para os padrões brasileiros, impressiona o fato de Chapecó, uma cidade de médio porte, sediar tantas empresas de comunicação. A ação dos meios de comunicação de massa manifesta-se em duas esferas. No plano psicossocial, são poderosos instrumentos de formação, informação e educação, contribuindo fortemente para a formação da cidadania. No plano social, exerce importante papel na integração da comunidade.
        Chapecó em seu primeiro centenário contou com duas forças sociais poderosas: a cooperação e o a comunicaç
        Marcos A. Bedin - Jornalista, diretor da MB Comunicação - e diretor regional da Associação Catarinense de Imprensa (ACI)
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
0
Adicionar comentario neste notica  
 

Demais Notícias cadastradas para a cidade:
Chapecó 100 anos: capital da agroindústria O município de Chapecó chega ao seu centenário ostentando vários títulos, mas, talvez, Capital da Agroindústria Brasileira seja o mais apropriado. Fatores históricos e conjunturais concorrem para isso. Foi na região do grande oeste catarinense, polarizada em Chapecó, que surgiu o...
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
Postagem: Array | Quinta-Feira


Radar Meteorológico do Oeste será inaugurado dia 25 de agosto em Chapecó O radar meteorológico do Oeste, em Chapecó, será inaugurado em 25 de agosto, às 15h. O ato entra na grade de eventos do aniversário do centenário do município de Chapecó. A programação foi acertada entre o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli e o...
Fonte: Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Postagem: Array | Sexta-Feira


MARCANTE por Cládis Jorge Furlanetto A direção da Alfa, há dois anos, estabeleceu uma comissão interna para estudar projetos relativos aos 50 Anos, por considerar a data bastante impactante. Nesse momento, várias subcomissões foram desmembradas e estão trabalhando, para que os planos sejam executados a contento dos associados e todos os...
Fonte: Assessoria de Imprensa Cooperalfa
Postagem: Array | Quinta-Feira


Ações do Observatório Social de Chapecó apresentadas em reunião da diretoria do Sicom

Ações de educação para a cidadania fiscal e o controle social, a participação do cidadão e a transparência na gestão pública, de maneira a evitar ilegalidades. Esses foram alguns indicativos apresentados por dirigentes do Observatório Social, em reunião da...
Fonte: EXTRA COMUNICA
Postagem: Array | Quarta-Feira


Projeto estimula leitura das crianças e da família

Chapecó - A Escola Básica Municipal Cruz e Souza, com o tema ‘Era uma Vez', criou o Projeto Sacola Literária, que envolve a leitura na escola e nas famílias. O objetivo do projeto é promover momentos lúdicos e científicos de aprendizagem, para que as crianças criem...
Fonte: ASCOM Prefeitura Municipal de Chapecó
Postagem: Array | Terça-Feira




Clique para Voltar uma página
POSTAR COMENTÁRIO:

(0 / 350) caracteres
Obs.: O comentário postado passará por avaliação do moderador do site antes de ir para ao ar.

Painel de administração