Agronegócios Bom Dia Rural Economia Educação Esporte Estado Geral Polícia Política Região Turismo
Santa Catarina - Tenha uma boa tarde, hoje é SÁBADO - 21 de Outubro de 2017 - Agora são
  BALNEÁRIO CAMBORIÚ
  BLUMENAU
  CAÇADOR
  CAMPOS NOVOS
  CAPINZAL
  CATANDUVAS
  CHAPECÓ
  CONCÓRDIA
  CURITIBANOS
  FLORIANÓPOLIS
  FRAIBURGO
  HERVAL D'OESTE
  IPIRA
  ITÁ
  JARAGUÁ DO SUL
  JOAÇABA
  JOINVILLE
  LAGES
  LUZERNA
  OURO
  PENHA
  PINHEIRO PRETO
  PIRATUBA
  RIO DO SUL
  TREZE TÍLIAS
  VIDEIRA
  XAXIM

CHAPECÓ
Chapecó: para o bicentenário
Bom Dia SC 28/08/2017 | Segunda-Feira
Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira - Jornalista

Quando se atinge uma etapa, normalmente se faz uma avaliação da trajetória seguida. É isso que Chapecó precisa fazer neste momento em que completa seus 100 anos. Ou seja, pensar no bicentenário. É preciso valorizar os exemplos positivos até aqui consolidados e perspectivar para os próximos 100 anos. Satisfazer-se com os louros é pouco e desmerecedor à geração presente e às que virão.
        O município surgiu de um sertão, com enorme território. Dificuldades de limites foram solucionadas paulatinamente, para que em termos geográficos e administrativos a região Oeste de Santa Catarina fosse constituída como um mosaico de unidades que foram se consolidando historicamente. Chapecó teve a grande oportunidade de crescer de maneira constante graças aos pioneiros. Foram desbravadores que não se voltaram para si mesmos e souberam vislumbrar o futuro.
        As famílias colonizadoras contribuíram de forma fundamental para que uma área inóspita fosse, pelo trabalho árduo, transformada em uma região produtora. Na economia, o extrativismo, em especial da madeira e da erva mate, cedeu lugar à agricultura e esta teve associada, depois, a produção agropecuária. A seguir, vieram as atividades econômicas do comércio, da indústria e da prestação de serviços, que a cada década tiveram expansão consistente, graças ao desejo, de cada agente, de bem situar-se social e economicamente.
        Se não tivesse havido essa visão de perspectiva dos pioneiros, Chapecó e a região poderiam ser como outras áreas ainda existentes em alguns sertões do Brasil, que não conseguem deixar de engatinhar e atingir uma verdadeira escalada de crescimento. Isso mostra que, do passado, é preciso obter exemplos para crescer. Ou seja, dos 100 anos completados neste 25 de agosto de 2017, é primordial valorizar atitudes, corrigir outras e pensar na comuna que Chapecó será em 25 de agosto de 2117. Não é pensar muito, é pensar grande. Não contentar-se com os louros, mas agir pelos bons exemplos.
        São bons exemplos o espírito de evolução dos pioneiros, a visão que tiveram de não pensar pequeno, o planejamento com o qual a cidade foi prevista e os ideais de liderança da maioria deles. Tais conceitos não se limitaram a embasar o crescimento de uma cidade, de um município. Embasaram o efetivo desenvolvimento de um polo, com destacada produção no meio rural, indústria forte e diversificada, comércio consistente e o setor de serviços e de conhecimento reconhecido por segmentos como saúde e educação, sem esquecer da qualificação do atendimento pelos órgãos do poder público.
        No centenário, é preciso pensar rumo ao bicentenário em termos do que, efetivamente, se quer para Chapecó a partir de agora, e planejar. Isso precisa ser feito pelo conjunto da sociedade. Não existe evolução com pensamento fragmentado, sem conjugar capacidades e potencialidades.
        Enfim: o que será feito a partir de agora, por exemplo, quanto à formação de novas lideranças, de novos entes políticos que bem administrem o município ou que bem o representem? Que fujam das velhas ideias, que não pensem de forma segregada. Além disso, o que será da economia, das alternativas em termos de inovação e tecnologia, da evolução na saúde e na educação? Que as autoridades, as lideranças, o cidadão, não sejam aproveitadores de momentos, mas aproveitem os potenciais humanos e econômicos para o crescimento e a felicidade coletiva. O contrário disso será o retrocesso, o crescimento e a felicidade de uns, mas o esmorecimento e a tristeza de outros. Exatamente como não agiram os pioneiros que planejaram.

Fonte: EXTRA COMUNICA
0
Adicionar comentario neste notica  
 

Demais Notícias cadastradas para a cidade:
Em outubro, Chapecó reunirá os maiores eventos pecuários de SC Cerca de 1.000 animais de 150 expositores participarão dos eventos pecuários da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (EFAPI 2017 - 50 ANOS) programada para o período de 6 a 15 de outubro, organizada pela Prefeitura Municipal e entidades empresariais. A...
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
Postagem: Array | Quarta-Feira


Chapecó 100 anos: as cooperativas fazem parte dessa história

Potencialidades e deficiências marcam os 100 anos de emancipação do município de Chapecó que catalisa as vantagens e encargos de polarizar uma extensa região formada pelo oeste catarinense, sudoeste paranaense e noroeste sul-rio-grandense
A atual base territorial em nada lembra a vastidão dos...

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
Postagem: Array | Quarta-Feira


Chapecó 100 anos: capital da agroindústria O município de Chapecó chega ao seu centenário ostentando vários títulos, mas, talvez, Capital da Agroindústria Brasileira seja o mais apropriado. Fatores históricos e conjunturais concorrem para isso. Foi na região do grande oeste catarinense, polarizada em Chapecó, que surgiu o...
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
Postagem: Array | Quinta-Feira


Radar Meteorológico do Oeste será inaugurado dia 25 de agosto em Chapecó O radar meteorológico do Oeste, em Chapecó, será inaugurado em 25 de agosto, às 15h. O ato entra na grade de eventos do aniversário do centenário do município de Chapecó. A programação foi acertada entre o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli e o...
Fonte: Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Postagem: Array | Sexta-Feira


MARCANTE por Cládis Jorge Furlanetto A direção da Alfa, há dois anos, estabeleceu uma comissão interna para estudar projetos relativos aos 50 Anos, por considerar a data bastante impactante. Nesse momento, várias subcomissões foram desmembradas e estão trabalhando, para que os planos sejam executados a contento dos associados e todos os...
Fonte: Assessoria de Imprensa Cooperalfa
Postagem: Array | Quinta-Feira




Clique para Voltar uma página
POSTAR COMENTÁRIO:

(0 / 350) caracteres
Obs.: O comentário postado passará por avaliação do moderador do site antes de ir para ao ar.

Painel de administração